Cidade do Vaticano (RV) – Acompanhará também o Papa na próxima peregrinação a Fátima, nos dias 12 e 13 de maio o Cardeal José Saraiva Martins, Prefeito emérito da Congregação para as Causas dos Santos. O purpurado português representou o Papa no Congresso de mariologia   realizado em setembro no Santuário português, por ocasião do Centenário das Aparições de Nossa Senhora, e acaba de publicar pela Livraria Editora Vaticana o livro “O evento Fátima”. O Cardeal Saraiva Martins conversou com a Rádio Vaticano e falou da atualidade da mensagem de Fátima:

 

 

  1. – A mensagem de Fátima é uma mensagem muito atual para a sociedade contemporânea, porque Nossa Senhora disse aos pastorzinhos certas coisas absolutamente necessárias para o homem de hoje. Por exemplo, a mensagem de Fátima pode ser reduzida a três ou quatro capítulos fundamentais. O primeiro capítulo refere-se à fé. Nossa Senhora de Fátima fez um primeiro apelo aos pastorzinhos sobre o problema da fé: crer é necessário para os crentes. Assim, o primeiro capítulo da mensagem de Fátima é um convite a renovar a fé e é extremamente atual este convite de Nossa Senhora, porque um dos problemas da sociedade contemporânea diz respeito à fé.
  2. – Qual é o papel dos três pastorzinhos nessas Aparições?
  3. – O papel dos pastorzinhos é muito claro: transmitir fielmente a mensagem que Nossa Senhora lhes confiou. Precisamente desta mensagem o primeiro capítulo é o da fé. Depois, há um segundo aspecto: a conversão. Nossa Senhora convidou os pastorzinhos à conversão. Este é o segundo capítulo da Mensagem de Fátima. Converter-se a Deus e converter-se aos irmãos. São duas coisas inseparáveis. Se o homem de hoje, a sociedade de hoje precisa de algo é precisamente neste princípio, a proximidade aos irmãos, independentemente da religião, cultura, origem, do modo de vida: somos todos irmãos, filhos do mesmo Pai. Se o homem precisa de algo é precisamente de considerar-se parte de uma grande família.
  4. – Esta é uma mensagem que por sinal é muito próxima ao modelo de Igreja em saída do Papa Francisco…
  5. – Certamente há uma atualidade extraordinária. É uma mensagem atual não só para 1917, quando Nossa Senhora apareceu, mas também atual para o homem de hoje. E isso é do que falaram os Papas.
  6. – Qual é a relação entre o atual Papa e Nossa Senhora de Fátima?
  7. – O Papa Francisco sempre foi um grande devoto. Na capital argentina, Buenos Aires, há um santuário dedicado a Nossa Senhora de Fátima, que ele visitava frequentemente. Depois, ele fez muitas declarações, enfatizando a importância de Nossa Senhora de Fátima, das Aparições, com palavras maravilhosas, magníficas… Ele ressaltou em particular a atualidade da mensagem de Fátima. (SP)
Últimos Artigos

Faça um comentário