Você já parou para pensar quantos amigos você tem? Suas amizades são boas o suficiente para considerá-las como “amigos de verdade”? Em outras palavras, temos muitos amigos verdadeiros ou simplesmente um grande número de conhecidos ou pessoas com quem simpatizamos? A verdade é que abusamos muito da palavra “amigo”. Muitos de nós desfrutamos de bons momentos com muitas pessoas, mas isso não quer dizer que são nossos amigos. A amizade é bem mais do que partilhar bons momentos. Na verdade, poucas pessoas se importam verdadeiramente com você e não estarão ao seu lado nos momentos difíceis. Eclesiástico, 6, 6 ss nos ensina: Dá-te bem com muitos, mas escolhe para conselheiro um entre mil. Se adquirires um amigo, adquire-o na provação, não confies nele tão depressa. Pois há amigos em certas horas que deixarão de o ser no dia da aflição. Há amigo que se torna inimigo, e há amigo que desvendará ódios, querelas e disputas; há amigo que só o é para a mesa, e que deixará de o ser no dia da desgraça”. Amigo é um dom precioso. A própria Bíblia diz que “quem encontrou um amigo encontrou um tesouro”.(Ecle 6,14) Jesus não andava sozinho. Ele se rodeava de pessoas da sua confiança. Jesus confidenciava a vontade de Deus aos seus discípulos. Revelou a sua missão na Terra, que foi salvar todas as pessoas. Assim, confiou muitas tarefas a grandes amigos. Amigos fiéis que o ajudaram na devida altura, para que essa missão se cumprisse.  Vamos falar das cinco qualidades que definem um amigo verdadeiro Dessa forma, estaremos mais conscientes de quem são e do quão grande é a palavra amizade. Amigos de verdade1- Escutam sem julgar. As pessoas têm a tendência de ajudar os outros, compartilhando seus sentimentos e opiniões, muitas vezes em excesso. Quando precisamos que alguém nos escute, procuramos um amigo, nossos familiares, nosso companheiro. Ouvir o outro é um ato de generosidade; nunca diga “você deve”, ou “você tem que”. 2- Não dão importância para as discussões Os amigos também discutem. Muitas vezes, julgamos uma crítica construtiva, uma ideia ou opinião diferente da nossa como ofensivas. Quando falamos da palavra “discutir”, falamos de uma discussão com argumentos válidos de ambas as partes até chegar a uma solução ou final positivo. Discutir não é brigar. Na verdade, é um comportamento saudável e muitas vezes necessário em nossas relações pessoais. 3- Eles se preocupam com você Em algum momento da sua vida você já se deparou com a seguinte pergunta: será que meus amigos só aparecem quando precisam de mim? Quando você pensa dessa forma a respeito de algum dos seus amigos, a confiança acaba e a relação fica estremecida. Sabemos que a hipocrisia se manifesta em ocasiões esporádicas ou pode ser uma atitude constante. O amigo hipócrita demonstra qualidades e sentimentos que na realidade não possui. Esse tipo de relacionamento pode gerar sofrimento e angústia emocional. 4- Transformam seus defeitos em virtudes. Nenhum de nós é perfeito e muitas pessoas ao nosso redor não aceitam nossos defeitos, e acreditam que sua missão na vida é nos mostrar nossas falhas. Aqueles defeitos que nos fazem tão únicos… Mas, por outro lado, você tem a sorte de ter ao seu lado pessoas que não olham para os seus defeitos, o incentivam e se fixam nas suas qualidades. Esses são os amigos de verdade. 5- Estão sempre perto de você Nem as diferenças pessoais e as discussões, nem o tempo e a distância afastam os verdadeiros amigos. Sempre poderá contar com eles nos momentos mais difíceis. Terá sempre seu apoio incondicional, e o mais importante, querem participar da sua vida como parceiros essenciais. Lembremos das Palavras verdadeiras de Jesus. João 15: Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor; mas Eu vos tenho chamado amigos, pois tudo o que ouvi de meu Pai Eu compartilhei convosco.

Ir Henrique Santos Filho

Fundador da Com. Anuncia-Me

Faça um comentário

Outras Formações